Quais são as tendências para o mercado de trabalho após a pandemia do novo coronavírus?

Em meio à pandemia do novo coranavírus, dúvidas sobre o futuro do mercado de trabalho vêm sendo um tema discutido nas empresas, afinal, a forma de se trabalhar passará por adequações nas relações entre patrões e funcionários. A possibilidade de execução de tarefas a distância e ferramentas de gestão de pessoas vêm se apresentando no novo mundo do mercado de trabalho a partir de agora.

Para o vice-presidente do Grupo Employer, Marcelo de Abreu, as relações trabalhistas e os novos hábitos impostos pela COVID-19 no ambiente corporativo, trazem a necessidade de adotar outras formas de contratação. É o caso do trabalho temporário, que permite a contratação de trabalhadores por prazo variável limitado, por meio do decreto n°10.060. “Essa é uma das ferramentas mais eficientes para este cenário em que estamos vivendo, diversos setores buscaram uma solução para a redução do quadro de funcionários, bem como o afastamento de profissionais pertencentes ao grupo de risco, porém em contrapartida muitos setores tiveram o aumento repentino na demanda de seus serviços”, explica.

Além dessa modalidade ser uma válvula de escape neste momento de crise é também uma maneira prática de contratação ” A contratação de temporários é considerada rápida, flexível e ainda de baixo custo. Dessa forma, a empresa utilizadora consegue suprir a área que necessita do trabalhador, podendo ainda efetivá-lo quando as condições econômicas estiverem viáveis”, comenta Abreu.

Segundo Patrícia Perez F. Lemes, Gerente de Recursos Humanos da Multinacional Froneri, a retomada da geração de empregos é essencial para o crescimento da economia brasileira. “O trabalho temporário se destaca por possuir uma menor complexidade burocrática, com uma rápida integração de profissionais qualificados. Passado o momento crítico da pandemia, haverá a necessidade de identificação da nova dinâmica do mercado e suas demandas. Nesse primeiro momento, a opção por trabalhadores temporários pode ser uma importante ferramenta para rápida adequação a essas novas necessidades, objetivando o crescimento sustentado” explica Patrícia, que conta com a Employer no serviço de colocação de temporários.

Gilmara Fernandes, técnica em enfermagem, que tem atuado em trabalho temporário desde o início da pandemia em posto de atendimento para monitorar a saúde dos caminhoneiros, conta que a atividade é um complemento importante para sua renda. “Tem sido muito gratificante, pois a renda extra proporciona mais conforto para minha família. Sempre estou prestando trabalho temporário, faz toda a diferença no final do mês”, diz.

O trabalho remoto, também conhecido como home office, é outra alternativa adotada pelo mercado durante este período de isolamento social. “Após a pandemia, muitas empresas devem continuar com essa prática. Além de ser eficiente, ela pode eliminar gastos grandes para empresa e para os próprios funcionários”, comenta Abreu.

Já para a Patrícia, o home office também está entre novas modalidades que podem ser inseridas no futuro próximo. “Temos ensinamentos e oportunidades para repensarmos no nosso modelo tradicional de trabalho. É provável que novas modalidades de trabalho surjam ou se consolidem, como o home office, que pode trazer reduções de custos e ganho de qualidade de vida de nossos colaboradores”, diz.

A ideia de flexibilização das relações trabalhistas também foi citada como outra maneira de ser congruente neste período. “Durante o período da pandemia é possível estabelecer concessões nas relações de trabalho, mantendo os direitos dos funcionários, de forma a adequar a realidade. São tempos de mudanças! O recrutamento e seleção online ganhou força após início da pandemia, visto que esse processo via internet auxilia empresas e instituições que necessitem fazer contratações de novos funcionários”, finaliza o vice-presidente.

A Employer vive internamente essa transformação e adesão de novas tendências, pois são procurados por clientes e mercado como aliados na preparação para o futuro do RH e das relações trabalhistas. Ainda, a empresa está entre as cinco finalistas do 23º TOP of Mind de RH 2020. O evento premia as empresas com as melhores práticas e soluções neste setor.

Compartilhar
Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.